Þ  Voltar

 

NO RISCO DA VIOLÊNCIA

 

         "(...) O livro ensina aos leigos a diferença entre neurose e esquizofrenia e depois avança para considerações a respeito da ciência do Sentir, pela qual o ser humano é considerado um complexo vibratório, sendo parte e o todo, que interage com o meio através da ressonância e do princípio da interação, que tendem à construção ou à destruição.(...) A agressividade e a violência, em seus vários níveis, estão presentes no ser humano desde os primórdios da humanidade (...) A família e o Estado podem se constituir em uma estrutura de apoio ao desenvolvimento dos indivíduos. Os autores do livro argumentam que a violência que assola o país é resultado de um sistema político incapaz, pela demagogia e corrupção, de regular as relações mútuas dos indivíduos integrantes da sociedade brasileira, deixando cada um de nós à mercê de nossa própria agressividade interna e da agressividade dos outros."

 

Pedro Paulo Negrini

Advogado Criminalista,

autor de livros – entre eles, O Enjaulado e Eu, criminalista.